CAMPO COMUM  CORPOS SOANDO JUNTOS CRIANDO MÚLTIPLOS SENTIDOS

+ 5 compartilhamentos públicos: experiência cênica, publicação e dança-vídeo

SOBRE A RESIDÊNCIA ARTÍSTICA CAMPO COMUM 

 

corpos soando juntos criando múltiplos sentidos + dança em outras mídias: dança-texto; dança-vídeo

Esta residência com o núcleo key zetta e cia. é parte do Projeto Uníssono – acontecimento de dançar junto e tem como objetivo a criação de um campo aberto de experimentação coletiva entre os integrantes da companhia e 30 artistas de diferentes regiões da cidade. Trata-se de um exercício de criação em conjunto que tem como enunciado principal a atualização do movimento, do mover juntos à espreita do tempo presente. Um exercício no qual buscaremos compartilhar os modos de criação artística e o treinamento corporal que o núcleo vem desenvolvendo ao longo desses anos, entremeando a isso as pesquisas, inquietações e propostas artísticas dos participantes, através de trocas transversais, por meio das quais irão emergir materiais de movimento.

Visamos o encontro e a troca entre diferentes perspectivas da dança na cidade de São Paulo. O interesse é criar novas formas de conviver, discutir e potencializar o encontro desses corpos em dança, movendo-se juntos. As apresentações do resultado cênico pelas diferentes regiões da cidade serão articuladas em diálogo com os participantes da residência e o contexto artístico apresentado por eles.

Ao longo da residência, dois outros processos se darão, um que resultará num vídeo e outro numa publicação. Para o vídeo serão selecionados 4 vídeo-artistas e/ou estudantes que se juntarão ao montador e editor Henrique Cartaxo. Para a publicação, todos os participantes da residência se juntarão ao escritor e pesquisador Renato Jacques.

 

Sobre Dança Texto

A aposta aqui, com vistas a produzir um texto que dance e faça dançar é a construção de uma escrita coletiva advinda do interior de um processo criativo, a partir da experiência das pessoas envolvidas. Não apenas isso, mas também e principalmente, uma edição desse texto que também se dê da mesma forma. Por isso, propomos uma edição coletiva, uma espécie de diário de campo escrito e editado a várias mãos.

Um texto escrito não exatamente sobre um processo de criação em dança, mas um texto escrito de dentro de um processo de criação em dança.

Corpos escrevendo juntos criando múltiplos sentidos. E como, a partir dessa dinâmica, evidenciar as singularidades de cada escrita? Como pode um texto, como uma dança, fazer.

RENATO JACQUES é antropólogo, escritor e dançarino. Vive em São Paulo desde 2010, ano em que deu início a sua pesquisa de campo em meio aos redutos criativos da dança contemporânea. Desde então, trabalhou em diversos projetos artísticos envolvendo dança, literatura e fotografia. Em 2014, se tornou mestre em Antropologia Social pela Universidade de São Paulo e em 2015 publicou em livro sua dissertação, Ensaio ao pé da letra: etnografando processos criativos de danças contemporâneas (ISBN: 978-85-4160-988-3). Em 2016 adentrou o doutorado, em Antropologia Social, na USP, com um projeto que segue pensando as relações entre dança, antropologia e literatura. Seus textos estão publicados no blog: eumeiodofim.wordpress.com.

Sobre Dança-Vídeo

Numa residência de dança adentram um grupo de 4 artistas do vídeo que, ao absorver o processo, imiscuir-se nele e envolver-se em sua evolução, traduzem em um filme o conjunto da experiência coletiva desses 26 corpos singulares.

O que instiga à co-criação de um material fílmico para esta residência é, principalmente, a consonância entre o modo de criar proposto para o novo trabalho, o uníssono a partir de trechos coreográficos pré-existentes, e a edição, elemento crucial na produção audiovisual, o processo através do qual as imagens e sons gravados são fragmentados e então reorganizados em sequência, de modo a compor o filme - a seu modo também um uníssono. Além das implicações sensoriais do cuidado com o tempo, é preciso saber, senão descobrir, o que é propriamente um movimento, o que justifica sua transcriação em um segmento de filme. Do mesmo modo, no momento de conceber a estrutura cronológica do filme, é importante dialogar com a coreografia para atingir o objetivo da montagem nas suas mais variadas existências. Guiar o tempo de olhar de cada câmera presente, re-coreografar sequências de movimentos recriando-lhes o tempo, subverter a cronologia do registro para atingir as sensações que a obra provoca.

HENRIQUE CARTAXO é Montador formado em Midialogia pela Unicamp, realizou também um ano de estudos em cinema na Prague Film School, República Tcheca. Trabalha com videoclipes, documentário, ficção, séries de TV e videodança. Em 2013 editou o vídeodança Modo Ave, realização do diretor Beto Brant. Trabalhou entre 2013 e 2014 como editor de vídeo e roteirista no programa TV Folha. Em 2015 assina a montagem do curta metragem Salı, do diretor Ziya Demirel, selecionado para competição e indicado à Palma de Ouro de Curtas-Metragens no 68º Festival de Cannes. Monta o documentário “Lampião da Esquina”, da diretora Lívia Perez, que estreou no Festival É Tudo Verdade de 2016, vencedor dos prêmios de melhor longa metragem e melhor edição no festival  For Rainbow. Participou em 2017 do programa internacional Dok Incubator como montador. Co-dirige e monta com André Menezes o documentário Obrigado Por vir, sobre a companhia de dança Keyzetta & Cia, de São Paulo.

INFOS>

Duração: 3 meses de residência e 5 apresentações após este período, que serão combinadas com os participantes no início da residência.

 

Período: 11/3 a 29/5

Carga horária: 2 vezes por semana/período de 4 horas. Segundas e Quartas 14h as 18h.

Local: Oficina Cultural Oswald de Andrade

Participantes da residência e público alvo: 26 artistas iniciantes ou não, estudantes e/ou interessados em artes, dança e/ou na pesquisa do núcleo e na relação entre linguagens.

Participantes da residência Dança Vídeo e público alvo:

4 artistas iniciantes/estudantes ou interessados na pesquisa entre linguagens, especificamente entre vídeo e dança.

  • não forneceremos câmeras de vídeo, os participantes tem que levar câmera ou celular que filme.

 

  • Especificamente para os participantes de vídeo serão marcados horários diferentes à ser acordados por todos a fim de cumprir as necessidades do desenvolvimento deste segmento durante a residência.

Critérios de seleção: depoimento/carta de interesse (texto ou vídeo).

*Enviar para o email campocomumkzecia@gmail.com as seguintes informações junto com o depoimento/carta de interesse (texto ou vídeo): endereço completo e data de nascimento. Os interessados em se inscrever em Vídeo precisam especificar.

 

  • A fim de viabilizar o deslocamento e a democratização do acesso a essa atividade, serão concedidas ajudas de custo para transporte aos participantes, distribuídas de acordo com as distâncias e regiões dos mesmos.

 

  • Estão previstas 5 apresentações do resultado cênico por diferentes regiões da cidade, no período seguinte à finalização da residência.

Inscrições de 15/01 a 20/02/2019

LISTA DE SELECIONADOS:

 

Julia Iwanagawa

Gustavo Cabral

Jonathan Vasconcelos  

Inês Terra

Layla Bucaretchi

Edilson Lira

Uriel Carmo

Carolina Versola

 

Rúbia Braga

Pedro Galiza

Natanael Santos

Anísio Serafim

Luan Dias

Wemerson Silva

 

Alan Athayde

Elen Minhoto

Cristiano Cunha

Suiá Ferlauto

Esteban Esequiel

Marcele Louzada  

Emanuella Coelho

Teresa Moura

João G. Queiróz 

Lilian Wiziak 

Odete Machado

Erica Tessarolo 

 

Ana Lucia Magalhães (dança vídeo)

Julia Monteiro (dança vídeo)

Joaquín Estevez (dança vídeo)

Adriane Souze (dança vídeo)

 


VAGAS EXTRAS:

 

Como foram muitos inscritos abrimos vagas extras para além das que estavam previstas no projeto. Esses participantes tem condições específicas de participação na residência e cada um está recebendo um e-mail explicativo. Segue a lista dos selecionados para as "vagas extras":  

 

Vinicius Airuman

Olga M. OT. 
Luara Erremays

Lorena Tófani

Lucas Pradino

Juliana Gennari

Thaiz Ponzoni

Mariana Leighton

Tamara Tanaka

Robson Jacqué

Suzana Bayona

Tatiana Cotrim

Tatiana Guimarães

Korina Kordova

Ana Musidora    

Lucas Reitano (dança vídeo)

Residência Campo Comum | KzeCia: key zetta e cia.

Coordenação e Direção: Key Sawao e Ricardo Iazzetta

Participação e Assistência: Beatriz Sano, Carolina Minozzi e Mauricio Flórez

Coordenação Dança - Texto: Renato Jacques

Coordenação Dança – Vídeo: Henrique Cartaxo

Produção: Núcleo Corpo Rastreado

 

Projeto contemplado pelo 25º Programa de Fomento à Dança para a cidade de São Paulo

RESPIRA

download